segunda-feira, 3 de setembro de 2012

ISOLAMENTO ACÚSTICO



Hoje vamos falar sobre isolamento acústico. Lembrando que sou arquiteta e tenho um blog sobre arquitetura de interiores. Não trabalho com venda, projeto ou instalação de elementos de isolamento acústico.

Tratamentos de isolamento acústico são recomendáveis em apartamentos, ou residências que ficam em lugares de movimento intenso nas grandes cidades, ou para isolar o som de bares, boates e casas de shows.

A ideia é reduzir a entrada ou saída de som de um espaço.

Em construções residenciais, este isolamento pode ser feito nas estruturas de alvenaria, nas paredes divisórias, nas lajes entre os andares e nos forros internos. Nestes casos usa-se concreto, aço, chumbo. Para um bom resultado e uma melhora na qualidade sonora interna, materiais como espuma, poliéster, lã de rocha e vidro e fibras de cerâmicas e de vidro também são indicados.

Nas portas e janelas, para evitar sons vindos de fora, o mais comum é o uso dos vidros duplos (que oferecem também proteção térmica), vidros temperados e espessos, ou laminados instalados com esquadrias de alumínio ou PVC.

É importante identificar o problema específico, e procurar a melhor solução para cada caso. O ideal é conhecer a construção, a intensidade e o tipo de ruído para isolá-lo, e ainda utilizar mais de uma barreira, criando uma sequência de obstáculos que consigam amortecer e dissipar a energia sonora.

Além dos cuidados durante obra, a decoração também tem soluções que diminuem e suavizam os ruídos. As cortinas pesadas e com forros, os carpetes e tapetes, as forrações com gesso nos tetos e paredes diminuem bastante a entrada de ruído externo e melhoram a acústica interna.




Fonte: Casos de Casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário